Os minicursos serão realizados no dia 2 de maio, das 8 às 12 horas e das 13 às 15 horas no POSMEX/UFRPE.

Gênero, Passo e Poder

Facilitadoras Rayssa Hellena Almeida Vasconcelos, Cláudia Simone Almeida Oliveira e Rita Patrícia Almeida de Oliveira
Objetivo Discutir as relações de gênero e poder a partir do frevo pernambucano. Esta oficina tem cunho teórico-prático e nterdisciplinar. Procuramos destacar práticas educativas dentro do contexto da dança que possibilite refletir e trabalhar conceitos como poder, gênero, sexualidade, etnia, corpo e relações dentro da sala de aula presencial e online. A singularidade e diversidade dos corpos marcaram presença, além de suas expressões, linguagens, significações nas redes de apoio sociais.
Metodologia Dinâmica teórico-práticas e roda de frevo

 

Gêneros Folkcomunicacionais nos Jornais Impressos

Facilitadora Giselle Gomes
Objetivo Identificar os gêneros folkcomunicacionais (oral, visual, icônica e cinética) presentes nos jornais impressos como recurso didático.
Metodologia Utilizar os jornais, data show, cartazes para a construção de um varal folkcomunicacional. Mostrar vídeos e exemplos de de cada gênero. O produto final da oficina será a construção de um ensaio sobre o tipo de gênero escolhido, para ser apresentado ao final da oficina.

 

Folkcomunicação em Oficina: Conceitos, Experiências e Práticas

Facilitadoras Iêda Litwak de Andrade Cézar, Simone Gomes da Silva, José Alberto de Castro,Joseilda Maria da Silva, Glória Correia de Souza, Simone Maria da Conceição Ventura
Objetivo Socializar a temática da folkcomunicação para comunidade acadêmica e comunidades circunvizinhas à Universidade.
Metodologia O recorte metodológico comporta o debate sobre as imbricações de várias extensões da experiência de se trabalhar com a teoria da folkcomunicação, levando em conta técnicas combinadas; pesquisa bibliográfica; história oral; diagnóstico participativo; apresentação de vídeos e a realização de visita técnica ao Mercado de São José, que objetiva realizar uma observação in loco sobre a prática e o comportamento folkcomunicacional no entorno e nas relações vivenciadas no dia a dia em sociedade.